Pular para o conteúdo principal

Coronavírus ameaça sua comunidade? Informe-nos!

Você é pescador ou pescadora artesanal e quer nos enviar informações sobre como o Coronavírus impacta a sua comunidade? Basta preencher o nosso formulário logo abaixo, ou acessá-lo através desse link! 

O impacto de como isso pode atingir a sua comunidade e quais medidas estão sendo tomadas, podem ser noticiadas por você. Os dados aqui preenchidos serão usados apenas para esse processo de sistematização e publicização realizado pelo Observatório dos Impactos do Coronavírus nas Comunidades Pesqueiras.

Além de alimentar os boletins diários, disponíveis aqui no blog, eles poderão ser usados posteriormente para pesquisas que possam ajudar a compreender os impactos do Coronavírus nas comunidades pesqueiras e dessa maneira subsidiar na reivindicação de políticas públicas.

Instruções de preenchimento:

- Dê informações verdadeiras! O monitoramento coletivo e popular é uma importante ferramenta de produção de informações e por isso deve ser bem usado. A veracidade dos dados são imprescindíveis para gerarmos sistematizações que consigam nos dar um retrato o mais próximo da realidade sobre os impactos da pandemia.

- Preferencialmente, as informações devem ser preenchidas por pescadores e pescadoras artesanais, ou pessoas residentes em comunidades pesqueiras. Esse aspecto é importante para que a vida dos pescadores e pescadoras artesanais não seja colocada em risco com a presença de pessoas de fora da comunidade que podem ser vetores de contaminação. Respeite a sua quarentena, proteja você, sua família e sua comunidade!

- O formulário pode ser preenchido pela mesma pessoa, diversas vezes, contanto que seja em datas diferentes e quando houver fatos novos sobre a sua comunidade.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Observatório lança Nota em repúdio à resolução 500/2020 do Conama

Movimentos e organizações de pescadores e pescadoras artesanais, pesquisadores e ativistas acabam de lançar nota  de repúdio  à resolução 500/2020 do Conama. 448  organizações, no total, assinam a nota. No documento divulgado hoje (01/10),  as organizações alertam para o impacto que a medida pode ter sobre os manguezais, afetando diretamente no meio ambiente, na reprodução das espécies marinhas e no aceleramento das mudanças climáticas. Outra preocupação apontada na nota é que a resolução 500/2020 aumente o risco de conflitos nos territórios pesqueiros, ameaçando assim a vida e a permanência dos pescadores e pescadoras artesanais  nos seus territórios.  Confira a nota na íntegra logo abaixo ou acesse o documento por  aqui ! --------------------------------------------------------------------------- NOTA DE REPÚDIO À RESOLUÇÃO CONAMA nº 500/2020 DO 28 DE SETEMBRO DE 2020 EM DEFESA DA PESCA ARTESANAL E SUAS COMUNIDADES Nós, pescadoras e pescadores artesanais, povos e

Pescadores artesanais tentam garantir a inclusão dos profissionais da pesca no Projeto de Renda Básica de Cidadania Emergencial que será votado hoje (01/04)

Pescadores temem que o Projeto do Auxílio emergencial aprovado na segunda-feira não contemple por completo a categoria A votação de hoje (01/04) no Senado, do Projeto de Lei 873/2020 , do Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que trata da Renda Básica de Cidadania Emergencial e garante até R$ 1.500 para famílias de baixa renda durante a pandemia do novo coronavírus, é a nova aposta entre os pescadores e pescadoras artesanais para garantir que os profissionais da pesca recebam, de maneira assegurada, o pagamento do benefício durante o momento em que estão parados por conta do Coronavírus. Na segunda-feira (30/03), apesar de comemorarem a aprovação do Projeto de Lei do Auxílio Emergencial (PL  9236/17) , que trata do benefício a pessoas de baixa renda impedidas de trabalhar por conta do Coronavírus, os movimentos pesqueiros ficaram preocupados com o alcance do auxílio.  Segundo a proposta aprovada, para ter acesso ao benefício, o informal tem que cumprir os critérios de bai

Pescando em outras águas | Colônia Z-4 se despede de seu Romildo

Texto por Lígia Apel A Colônia de Pescadores Z-4, de Olinda, Pernambuco, está de luto. Dia 23, sexta feira passada, faleceu  Senhor Romildo na festa do padroeiro dos pescadores, São Pedro. Foto: álbum de família. seu presidente Romildo Ferreira de Holanda, vítima da Covid 19. O pesar é grande entre seus familiares e amigos que o tinham como uma das mais importantes lideranças dos pescadores e pescadoras artesanais do território pesqueiro onde se localizam as comunidades Amaro Branco, Ilha de Maruim, Jardim Atlântica e Rio Doce, nas imediações da ponte Limoeira e Ponta do Janga, entre Recife e Olinda. “Essa responsabilidade é comigo, agora. Vou ver  se junto os pescadores e dou conta da continuação da luta dos pescadores daqui de Olinda”, disse o vice-presidente da Colônia, Nilson Monteiro da Silva, lembrando da perda de sua mãe e irmão. “É muita dor para uma pessoa só, mas nós vamos pedir primeiramente a Deus sabedoria, força, coragem, pra gente se unir um com o outro, tanto os pescado